13 de setembro de 2018

Os Italianos, de João Fábio Bertonha


Para mim, o livro de João Fábio Bertonha foi um dos mais especiais em meio aos inúmeros títulos históricos que já abordei no site. Isso porque o mesmo diz respeito aos italianos e sua história, abrangendo temas diversos e contraditórios que são elucidados pelo historiador. Muito do que queria entender sobre como se deu a vinda de minha família para o Brasil está explicado no livro, numa linguagem extremamente acessível e fluída, além de outros temas importantes para o conhecimento de todos, não se prendendo apenas naqueles cujos costumes e origens estão presentes na árvore genealógica.
Lançando a questão do que é ser italiano atualmente, Bertonha nos conduz a uma certa mutação da identidade nacional no decorrer dos séculos de sua história, enlaçando a economia, a política, a cultura e diversos outros fatores para dentro da dissertação. E isso é feito em dois extremos de um itinerário, tal qual sua influência rural em contraste com o mundo da moda e seus executivos competentes, ou as fartas macarronadas e os sofisticados pratos de sua alta gastronomia. Tudo isso é relatado no livro que se destaca em primazia ao apresentar um excelente estudo dentro do campo abordado.
Não é à toa que nas páginas finais há uma extensa bibliografia garantindo a qualidade da pesquisa, além da cronologia que se inicia em 6.000 a.C. com os primeiros sinais de atividades agrícolas na península italiana. Embora o conteúdo esteja mais focado nos dois últimos séculos, o autor não esquece de mencionar o passado mais remoto do país que seria uma influência artística para grande parte do mundo, com artesãos, arquitetos, pintores e escultores. Nomes como Leonardo da Vinci, Michelangelo, Verdi e Dante deixaram à Itália um sublime patrimônio de obras-primas que até hoje são considerados como ápices artísticos na história da humanidade.


Sem esquecer da política, o livro também nos ajuda a compreender a construção do Estado e sua unificação, além da identidade nacional, da economia e de grandes questões internacionais. Sintetizando, trata-se de uma leitura abrangente e esclarecedora. Ainda que seja um livro histórico, seus conceitos não se restringem apenas ao espaço acadêmico, podendo ser apreciado por leitores de diferentes estilos.
Ter tido a oportunidade de ler sobre os italianos foi extremamente gratificante para mim, uma vez que isso me levou a conhecer mais sobre minhas próprias origens. Neto de italianos, compreendi um pouco mais sobre os motivos que levaram a Itália a se tornar um país de emigrantes, razão pela qual tenho meu sobrenome. Uma  cultura fascinante relatada nas páginas de um exemplar excepcional, seja por sua diagramação confortável ou por suas imagens e conceitos artísticos de capa. De fato, ao final somos capazes de perceber a importância desse país para o mundo, também conhecido como "um museu a céu aberto onde se come bem".

Clique aqui para adquirir o exemplar.
Nome: Os Italianos
Autor: João Fábio Bertonha
Editora: Contexto
Publicação: 2005
Páginas: 304
Esse livro no Skoob
Sobre: Neste livro, imagens cristalizadas e mitos são discutidos pelo historiador João Fábio Bertonha, de forma agradável e saborosa, trazendo a tona origens e costumes de um povo que está presente na arvore genealógica de milhões de brasileiros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário