Mentes Geniais, de Alberto Dell'Isola


Não é nenhuma novidade a importância que uma boa memória representa em todas as áreas de atuação. Muitos a veem como um dom, que não tem como ser apurado ou exercitado em práticas regulares. Todavia, poucos sabem que a eficácia de nosso cérebro pode ser aumentada com força de vontade e determinação, garantindo uma vida muito mais fácil àqueles que se comprometem em aprimorar a capacidade cognitiva. Traçando esta meta, Alberto Dell'Isola, o homem-memória brasileiro, escreveu seu livro buscando compartilhar os segredos para se ter uma mente genial. E, de acordo com suas técnicas, é possível aumentar em 300% a idoneidade da mente, provando que, assim como qualquer outra parte do corpo, o cérebro quando exercitado, consegue operar com maestria suas funcionalidades. 


Como testemunho pessoal, eu mesmo preciso me atentar aos nomes de personagens presentes nas obras que leio para resenhar, a fim de não me confundir quando disponho-me em relatar os acontecimentos. Muitas vezes, recorro ao caderno de anotações para não me esquecer, o que não deixa de ser um trabalho extra e cansativo. Saber que existe um caminho capaz de formalizar uma agenda mental é bastante animador, contudo o mesmo não é percorrido do dia para a noite, necessitando várias horas de trabalho intelectivo para se obter algum resultado. O que Dell'Isola mostra em sua obra é que este processo é mais fácil do que parece ser, sendo ele mesmo uma prova de que os exercícios mentais são a porta de acesso ao êxito.


Confesso que não estava considerando estas técnicas mnemônicas muito relevantes a princípio, mas, ao mesmo tempo, busquei começar a leitura do exemplar de "mente aberta", disposto a seguir todos os passos relatados para ver se surtiria algum efeito. Para minha surpresa, o resultado foi bastante admirável. Logo no capítulo quatro, o autor nos apresenta sua técnica de vinculo para memorizar grandes listas de palavras sortidas em pouquíssimo tempo. Ao final do capítulo, estava conseguindo me lembrar de todas as listas passadas como exercícios de treino. Além dessa parte, há também uma técnica relevante para se memorizar números, datas, versículos, enfim, várias possibilidades que simplificam nosso cotidiano.


O livro dividido em dezoito capítulos, aborda temas variáveis, indo desde fisionomias até pôquer, xadrez e datas históricas. Tudo explicado numa linguagem de fácil compreensão, garantindo a abrangência do público alvo para todos que almejam ter uma boa memória. Dell'Isola também expõe características eficientes para aumentar o nível de concentração em tarefas distintas, organizar os objetivos em mapas mentais e várias outras anotações de suma importância para quem possui uma vida acadêmica intensa.


Enfim, sintetizando os fatos, trata-se de uma obra para ser lida e relida. Publicada pela Universo dos Livros numa edição primorosa com uma dinâmica bem atrativa e ilustrações que geram uma aproximação ao leitor, Mentes Geniais consegue traçar o itinerário para o alvo que menciona em sua capa. Algo um tanto quanto surpreendente, mas que, aos poucos, vamos nos familiarizando e percebendo o imensurável poder que nossa mente é capaz de desempenhar. Muitas vezes, negligenciamos tamanha capacidade justamente por sua simplicidade, por isso a importância do exemplar. Alberto Dell'Isola não foi considerado o homem-memória brasileiro à toa, de tal modo que suas técnicas ganham destaque por fazerem a diferença e despertarem em nós, leitores, a força de vontade para o aprimoramento e a determinação necessária de querer ir sempre além.

Clique aqui para adquirir o exemplar.
Título: Mentes Geniais
Autor: Alberto Dell'Isola
Editora: Universo dos Livros
Publicação: 2018 | Páginas: 320
Sobre: Alberto Dell’Isola já foi o cara mais esquecido da faculdade, até tornar-se campeão brasileiro de memorização, recordista latino-americano e ficar conhecido nacionalmente como o “homem-memória”. Neste livro, ele revela seus segredos e apresenta uma série de técnicas e exercícios que vão lhe ajudar a aprimorar de forma significativa sua capacidade cognitiva. 

Compartilhe no Google Plus

Sobre Pena Pensante

Editor e resenhista do Pena Pensante, 23 anos, graduado em relações internacionais e autor do livro de poesias Entre Asas e Raízes.
    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário