Exemplares Acadêmicos - Segundo Semestre de 2017


Conforme havia mencionado anteriormente nas redes sociais, segue a apresentação dos quatro exemplares acadêmicos no âmbito das relações internacionais que estou lendo neste segundo semestre de 2017. Todos eles com o intuito de auxiliarem os meus estudos nessa fase de finalização do curso, além de aumentarem, significativamente, o meu entendimento sobre temas atuais do direito, organizações e agenda internacional. Não deixe de conferir: 



Relações Internacionais na Idade Moderna, Um Panorama Histórico
De Ana Paula Lopes Ferreira e Leonardo Mercher
O estudo das Relações Internacionais nesta obra apresenta desde a configuração do Estado moderno até o início da expansão marítima e territorial das nações europeias e suas relações mercantilistas com outros povos. Além disso, são discutidas as repercussões do liberalismo, da Primeira Revolução Industrial e da Revolução Francesa no cenário internacional e a ordem de exploração das grandes potências internacionais. Ter clareza sobre os diversos cenários atuais e suas interações é uma tarefa complexa e apenas com uma base sólida sobre o passado é que poderemos chegar à compreensão crítica da atualidade.


Introdução aos Estudos de Direito Internacional
De Eduardo Biacchi Gomes e Juliana Ferreira Montenegro 
Para lidar com o atual e complexo fenômeno jurídico, os profissionais que atuam na área do direito precisam refletir criticamente sobre as relações jurídicas, econômicas, sociais e históricas que envolvem as diferentes sociedades de diversos países. Considerando o cenário da globalização e as interações que advém disso, é imperativo que o diálogo entre o direito nacional e o internacional e os reflexos do direito público no direito privado sejam discutidos de forma ampla e contextualizada. Só assim estaremos preparados para enfrentar as crescentes situações conectadas entre os diversos ordenamentos jurídicos. 


Temas da Agenda Internacional, O Brasil e o Mundo
De Cristina Soreanu Pecequilo
Mesmo que algumas vezes os temas da agenda internacional possam parecer não se relacionar com a nossa vida cotidiana, eles nos afetam diretamente. Trata-se de fenômenos que impactam a política, a economia e toda a sociedade e que estão fundamentalmente ligados a questões que podem prejudicar as relações de cooperação internacional e até mesmo desencadear guerras entre os Estados. Discutir esses assuntos e seus desdobramentos é urgente. Por isso, esta obra se dedica a refletir sobre tópicos como diplomacia cultural, desenvolvimento, combate à fome e desarmamento.


As Organizações Internacionais e as Políticas Públicas Brasileiras
De Vanessa Fontana e Jefferson Augusto Krainer
Entre as principais funções das organizações internacionais, estão a defesa da paz e da segurança, a criação de políticas internacionais que prezem pelo direito à vida, a difusão dos direitos humanos e, ainda, o desenvolvimento econômico e social dos países. Assim, as políticas sociais de educação e trânsito no Brasil foram eleitas como objetos de estudo desta obra para a análise e a demonstração, por meio da aplicação de conceitos e teorias, de como as orientações das organizações internacionais podem acabar influenciando e determinando o formato que tomam as políticas públicas internas.

Compartilhe no Google Plus

Sobre Filipe Penasso

Autor e resenhista do Pena Pensante, 22 anos, acadêmico de Relações Internacionais e Comissário de Voo por formação.
    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário