Livros Indicados Para Leitura em 2017


Fiz questão de separar três exemplares que tive a oportunidade de ler em 2016 para indicá-los aos que ainda não leram. Foram eles os que me fizeram viajar por entre as páginas, despertando emoções e sentimentos à medida em que eu terminava um parágrafo. De tal forma, todos estão hoje na minha lista de favoritos com um lugar especial separado na estante; desde uma viagem  misteriosa ao Antigo Egito, passando pela mente turbulenta de um pintor excêntrico e indo até as majestosas vinícolas do sul de nosso país. Caso goste da sinopse, não deixe de ler a resenha de cada livro clicando sobre o link disponibilizado.


O Juiz do Egito: Volume I - Sob a Pirâmide, de Christian Jacq
Primeiro volume da nova trilogia do autor best-seller da série Ramsés
Ao ser convocado para investigar as mortes misteriosas de cinco vigilantes sob o grande túmulo de Quéops a esfinge de Gizé , um jovem, inteligente e incorruptível juiz novato vê-se jogado em um viveiro de ganância e corrupção. Sua recusa em assinar um documento que não parecia fazer sentido o leva a descobrir uma trama monstruosa para assassinar o faraó Ramsés, o Grande. Com a ajuda de seu irmão de sangue e de uma bela jovem médica por quem é apaixonado, ele luta para expor a verdade, resolver uma série de assassinatos brutais e frustrar uma tentativa descarada de golpe de Estado. Mas será ele capaz de sobreviver no processo?
Caso tenha gostado da sinopse, clique aqui para comprar o exemplar.
Resenha: Clique aqui!


O Pintor de Memórias, de Gwendolyn Womack
Bryan Pierce é um renomado pintor cujos trabalhos deslumbram o mundo. Mas há um segredo para seu sucesso: cada tela é inspirada em um sonho excepcionalmente vívido e sempre que acorda, ele adquire novas e extraordinárias habilidades. Linz Jacobs é uma neurogeneticista, dedicada a decifrar os genes que ajudam o cérebro a criar memórias. Ao visitar uma exposição na galeria de uns amigos, ela se depara com a imagem de um pesadelo recorrente de sua infância e adolescência em um dos quadros de Bryan. Juntos, os dois começam a perceber um padrão em seus sonhos. E que há um inimigo mortal observando cada movimento deles que não vai parar enquanto não atingir seu objetivo. Eleito o Best Science Fiction, Fantasy, and Horror Reads for April pela Kirkus. “Um thriller ambicioso que combina romance, fantasia e aventura” - Library Journal.
Caso tenha gostado da sinopse, clique aqui para comprar o exemplar.
Resenha: Clique aqui!


A Casa da Grande Colina, de Catia Schmaedecke
"A Casa da Grande Colina” é uma trama fictícia de amor e ódio entre os Sorrentino e os Bianchi, dois núcleos familiares com ascendência italiana. 
Em sua passagem pela vida Terrena, à ocasião em que vive na condição de um bem sucedido empresário vitivinicultor, Miguel Sorrentino ao lado da esposa, lidera a família em um ousado empreendimento a caminho de um futuro profissional promissor. Quando todos estão em perfeita harmonia, Benedetta Francesca, a jovem linda e sedutora surge disposta a tudo para desestruturar o clã Sorrentino atraindo-os ao âmbito de sua natureza espiritual pouco elevada. Anos mais tarde, inconformado com a própria morte que ocorre precocemente, o espírito de Miguel recebe autorização para retornar de outra dimensão para fazer os ajustes que haviam ficado pendentes por conta de seu envolvimento em um perigoso triângulo amoroso. 
Enquanto um segredo do passado é revelado, contribuindo para mudar de maneira definitiva a personalidade de Benedetta Francesca, Miguel Sorrentino torna-se peça importante ao pleno desenrolar do enredo, passando de protagonista a coadjuvante indispensável desta saga repleta de mistérios e paixões.
Inspirado em desavenças provocadas em disputas por porções de terra, quando o lado vencedor mantém oculto por anos a fio o verdadeiro gerador de sua força motriz, “A Casa da Grande Colina” narra com riqueza de detalhes de que modo alguns embates familiares podem passar de uma geração a outra, contribuindo para nutrir o ódio mútuo originário de seus antepassados, em uma verdadeira involução na esfera espiritual. Ambientado em belas paisagens bucólicas da serra do Rio Grande do Sul, o primeiro romance da autora leva o leitor a viajar através dos vinhedos em uma atmosfera enriquecida de sonho e imaginação.
Caso tenha gostado da sinopse, clique aqui para comprar o exemplar.
Resenha: Clique aqui!

Compartilhe no Google Plus

Sobre Filipe Penasso

Autor e resenhista do Pena Pensante, 22 anos, acadêmico de Relações Internacionais e Comissário de Voo por formação.
    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook

2 comentários:

  1. Não conhecia nenhum dos três livros, mas todos parecem bem interessantes a sua maneira.
    Beijos

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De fato, Lory. Obrigado pelo seu comentário! =)

      Excluir