O Coelho e os Índios


Excelente é a reflexão que nos é proporcionada ao conhecermos o conto dos índios iroqueses que, apesar da simplicidade, engloba temas relevantes para o cotidiano. Imaginem um grupo de índios que encontra um coelho no meio da estrada e, impiedosos, começam a atirar flechas para matá-lo; é exatamente dessa forma que a narrativa começa.
Todavia, as flechas não machucam o animal indefeso até que algo sobrenatural acontece na mata, na presença do grupo. De fato, apenas aqueles dispostos a enxergar a verdade conseguem desfrutar de seus dons — nenhum integrante do grupo foi sábio o suficiente.
Claro os corações  cheios de humildade, bondade e compaixão poderiam compreender qual era o verdadeiro objetivo do coelho, de tal modo que a fábula nos leva a entender que milagres acontecem a todo momento e muitos são os desacreditados e cegos em meio às suas convicções.
Por isso a importância das virtudes. É fundamental agirmos em constante harmonia com o próximo pois os dons recebidos depois são inimagináveis. O vídeo abaixo ilustra perfeitamente o que foi escrito, mas, caso prefira, você também pode ler o mesmo conto clicando aqui.


Compartilhe no Google Plus

Sobre Filipe Penasso

Autor e resenhista do Pena Pensante, 22 anos, acadêmico de Relações Internacionais e Comissário de Voo por formação.
    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário