Book Haul de Outubro de 2016


Apesar de serem poucas obras, a quantidade foi compensada pela qualidade. Desde reflexões poéticas de autores consagrados, até sentimentos nervosos em meio ao suspense de uma trama constituíram as leituras do mês de outubro. Uma verdadeira viagem no tempo para a época das grandes navegações, a descoberta do paraíso perdido e muitos outros mistérios que envolvem a humanidade não ficaram de fora; por esse motivo, ficarei honrado de compartilhar com vocês cada um desses exemplares.


A Guerra das Imaginações, de Doc Comparato
A guerra das imaginações é uma detalhada e envolvente ficção histórica sobre o que aconteceu por volta do ano de 1500. Por um lado, as descobertas teológicas da época, como a revelação de que os anjos possuem órgãos sexuais inativos, e a contagem precisa de quantos demônios habitam as trevas. Por outro, as implicações do despertar de um novo mundo a partir das navegações ibéricas e o florescimento artístico com Michelangelo.
O cenário da ação é o Vaticano e a trama se desenvolve a partir da chegada sigilosa de um emissário do rei de Portugal. O mensageiro traz ao papa Pio III um segredo que alimentará o jogo de poder na hierarquia da Igreja – um segredo que envolve intrigas, tortura e até assassinato. Trata-se da descoberta portuguesa de novas terras ao sul das Índias, encontradas por Cristóvão Colombo.
Mais do que terras, os navegadores alegavam ter descoberto o Paraíso Terrestre. E se o Éden existia, qual seria o motivo para a existência de santos? Qual seria a razão da existência do Vaticano, do clero, das ordens religiosas e do papa?
Em A guerra das imaginações, o leitor encontrará uma equação de desvarios que deturpa a história para sempre, fazendo com que de rituais macabros nasça a maior obra de arte do milênio, enquanto da inocência surja uma maldição que até hoje persegue os habitantes da Terra Brasilis.


Testamento do Terror, de David Morrell
Perseguido por um inimigo implacável, no desenrolar de terrível e inexplicada vingança, o jornalista Reuben Bourne é obrigado a fugir e se esconder em campos desertos e montanhas geladas dos Estados Unidos.  O Que resta de sua família o acompanha nessa jornada de pavor, na qual a única meta é sobreviver. Os lances de surpresa e de suspense contidos em Testamento do Terror proporcionam algumas das melhores páginas da moderna literatura de ação e mistério. Desde as primeiras linhas o leitor é envolvido numa aventura de ritmo vertiginoso, que mostra como o homem comum de nossos dias pode ser colhido num vórtice de ódio e brutalidade.


Antologia Poética, de Vinicius de Moraes
Antes de se tornar um dos maiores compositores da música popular brasileira, Vinicius já se consagrara como poeta da mais alta qualidade literária - seus versos marcam mais de cinquenta anos da literatura brasileira. A presente antologia é mostra da habilidade poética de Vinicius de Moraes, que soube, entre outras coisas, atualizar o erudito e conceder tratamento culto a temas populares. Com isso, tornou-se um mestre no manejo inteligente e inventivo dos metros e das formas do poema, conquistando a simpatia dos leitores e muitos elogios dos críticos.


Últimas Sonâncias de Minha Alma, de Francisco Lessa
Trata-se de um exemplar com contos e poemas escritos pelo autor Francisco de Paula Mayrink Lessa. Caracterizado por métrica, ritmo e harmonia. Tive a oportunidade de recitar há pouco mais de seis meses um dos poemas  do exemplar, cujo nome é Paralelos. Você pode ouvi-lo logo abaixo:


Compartilhe no Google Plus

Sobre Filipe Penasso

Autor e resenhista do Pena Pensante, 22 anos, acadêmico de Relações Internacionais e Comissário de Voo por formação.
    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário