O Pintor de Memórias, de Gwendolyn Womack


Sonhos sempre foram um mistério, mesmo tendo várias teorias para tentar explicá-los. O efeito que nos ocorre durante o sono foi fonte de estudo para inúmeros cientistas e consequência empírica de crenças no decorrer dos anos, evoluindo com o o ambiente e a cultura de cada povo.
Sabemos que nossas memórias influenciam nossos sonhos enquanto dormimos, mas, será que o contrário acontece? De acordo com o livro O Pintor de Memórias, os sonhos podem, de fato, influenciar as lembranças que sequer tivemos em vida, proporcionando-nos diversos conhecimentos escondidos no subcontinente; em outras palavras, memórias de vidas passadas.
"Entre o começo e o fim, esta vida é apenas um momento."
Embora a obra aborde o  delicado tema da reencarnação, em nenhum momento faz menção à doutrina espirita, sendo extremamente flexível ao aludir os assuntos religiosos. Por esse motivo, a premissa foi extremamente acolhedora, fazendo com que a autora conseguisse passar a mensagem do exemplar sem ser influenciada pelos fatores externos.


Imaginem só uma pessoa, aparentemente normal, que, aos poucos, durante os sonhos, vai se lembrando de suas vidas passadas... É exatamente isso que acontece com Bryan, que encontra na pintura a forma de expressar toda sua experiência. Desde que descobrira seu dom, Bryan deduziu ser o único capaz de ligar sua mente a vários corpos, de diferentes épocas e lugares. Chegou a sonhar com o Japão medieval, a Roma antiga, o Egito com suas soberanas e misteriosas pirâmides e, ao reproduzir suas telas, tinha a esperança de encontrar, um dia, pessoas como ele.
Acontece que o rapaz já estava perdendo as esperanças quando uma jovem, extremamente comovida com uma de suas telas, afirmou ter presenciado aquela situação. Seu nome era Linz, e, ao notar a comoção da moça, Bryan começa a perceber que não era ele o único ser capaz de tal proeza.
"O vento faz as folhas caírem, eu também estou caindo, sem saber o que fazer, como a primavera remanescente."
A trama nos proporciona a possibilidade de testemunhar, aos poucos, a relação bem construída entre os dois e, detalhadamente, o casal vai se lembrando das vidas em comum que compartilharam. Mas, infelizmente, nem tudo sai conforme o planejado, pois existe uma força maior que os move e obstáculos que os atrapalham. Da mesma forma que Linz e Bryan compartilham das mesmas memórias, outras pessoas também são capazes, e é nesse ponto que o livro trata de maneira excepcional o conceito do carma, ou seja, a sujeição humana a fim de retardar a evolução da alma, prolongando o ciclo de transmigração.


Além desse enredo fantástico, o exemplar nos dá uma verdadeira aula de história a cada vez que uma lembrança vem à mente dos personagens. Pode parecer meio confuso para alguns mas, em síntese, posso assegurar de que nada na trama é em vão e tudo se encaixará perfeitamente nas páginas finais.
"De acordo com Platão, Sócrates acreditava que todo conhecimento se originava em um estado divino que os humanos haviam esquecido. A maioria vivia em uma caverna de ignorância, mas era possível ao ser humano se tornar iluminado saindo da escuridão e compreendendo a diferença entre os planos espiritual e material."
Já foi publicado no blog um artigo que tem a ver com o tema do livro, Memórias no Passado e Consciência no Presente, e um outro, mais opinativo, que pode nos ajudar a entender, inspiradamente alguns conceitos, A Importância dos Sonhos. De fato, o livro nos ensina grandes lições, dando-nos a possibilidade de mergulhar em nosso interior e trazermos à superfície conceitos há muito esquecidos. Uma obra para ler e reler, digna de um lugar especial na estante. Por que não pintarmos nossas memórias com as cores da bondade, do afeto, do amor e da esperança?! A autora nos ensina que toda as respostas estão dentro de nós, basta termos a sabedoria para encontrá-las... Sabedoria essa, que se acumula em meio as experiencias no decorrer das eras.

Curiosidade: Sabia que já existiu um pintor de anjos cuja habilidade era considerada divina? Seu nome era Guido Reni e, caso não conheça sua história, você pode acessar o artigo publicado pelo blog clicando aqui.

Nome: O Pintor de Memórias
Autora: Gwendolyn Womack | Esse livro no Skoob
Clique aqui para comprar o exemplar.
Editora: Record | Data: 2016 | Páginas: 378
Sobre: Os sonhos de Bryan e Linz não são como os de outras pessoas, eles são mais intensos e mais reais... quase como se vivessem outras vidas. Os dois experimentam muitos prazeres e sofrimentos. Ambos parecem interligados, possuindo uma conexão poderosa, mas que é constantemente perturbada por um inimigo, cujos planos apenas Bryan e Linz podem impedir que se concretizem.

Compartilhe no Google Plus

Sobre Filipe Penasso

Autor e resenhista do Pena Pensante, 22 anos, acadêmico de Relações Internacionais e Comissário de Voo por formação.
    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook

10 comentários:

  1. Adorei a premissa do livro, muito critivo da parte do autor, e mesmo não acreditando muito em vidas passadas, gostaria muito de ter esse dom.
    estou ansiosa para ler, bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gabriela! Que bom que gostou, fico feliz por isso. =)

      Excluir
  2. Oi Filipe, eu gosto de livros do gênero espírita, ou que envolvam vidas passadas, mas este não me interessou muito.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  3. Que capa bonita!
    Amo livros que mencionam fatos históricos em seu enredo. Acho que estas são leituras indispensáveis.
    Além de tudo, sou espírita, então esta será, com toda certeza, uma de minha próximas leituras.

    Beijinhos...
    http://estantedalullys.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oiii, como vai?
    Realmente me interessei muito pelo livro, gosto de obras que abordam o tema de reencarnação é bem diferente do comum, e isso acaba me agradando e despertando meu interesse de certa forma. Parabéns pela resenha, dica anotada.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Olá,

    Estou intrigada com esse livro desde o seu lançamento e agora com a sua sinopse fiquei ainda mais tentada a ler a obra. Espero em breve fazer isso.

    Abraços
    oblogcaentrenos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi, embora o livro traga uma temática interessante para um publico especifico, eu não curto esse tipo de leitura,e por isso, não leria esse livro, já que não gosto de ler livros com pegada religiosa. Dessa vez, deixo passar a dica.
    bjus

    ResponderExcluir
  7. Olá Filipe, tudo bem?

    Achei a premissa do livro interessante, a capa é chamativa e fiquei intrigado, curioso após ler a sua resenha. Parece ser muito bom. Abraços!

    ResponderExcluir
  8. Aaaaa que cachorrinho mais fofooooo
    Enfim...
    Eu não tinha ouvido falar no livro antes, mas fiquei curiosa mesmo não curtindo esse lance de reencarnação, então como não ha influência de religião e tal, acho que é apenas um livro mais literário mesmo e tal.
    Gostei da premissa, não sei ainda se leria o livro, mas anotei a sua dica. ótima resenha. Muito bem escrita.

    ResponderExcluir
  9. Olá, fiquei sabendo da obra no lançamento, gostei bastante do enredo. Parabéns pela resenha, já anotei a dica!

    Abraços

    ResponderExcluir