Book Haul de Maio de 2016


O mês de maio já acabou, mas suas experiências literárias serão eternas. Para começar, gostaria de ressaltar que estou lendo um dos melhores livros que já li: Os Invernos da Ilha. Por esse motivo, ainda não publiquei a resenha dele aqui no blog. Provavelmente, na semana que vem, falarei com maior profundidade sobre essa obra-prima do autor brasileiro Rodrigo Duarte Garcia! Não posso deixar de citar, também, os livros acadêmicos que me auxiliam na graduação e desenvolvem a minha escrita. Por mais que eu não venha postar suas respectivas resenhas, falarei um pouco deles para que você saiba do que se trata. Além disso, tiveram outros livros excelentes que compuseram minha experiência literária e acadêmica do mês de maio. Você pode conferir todos os títulos logo abaixo:


Pelos Caminhos da Vida, de Cristina Censon
ACESSE A RESENHA
Na França, em pleno século XIV, vive Adele, uma jovem de apenas 13 anos. Apesar de tão pouca idade, ela se vê obrigada a enfrentar uma intensa jornada pessoal quando seu pai descobre que é sensitiva, capaz de ver e conversar com espíritos. Ao lado de sua aia Justine, Adele foge da ira paterna e vai ao encontro de Elise, única pessoa que poderia ajudá-la a lidar com seus dons. E é a figura emblemática de Elise que unirá Adele a Aimée, jovem de igual sensibilidade e dons. O pai de Adele, no entanto, não desiste da perseguição à filha, e sua vingança acaba resultando numa tragédia de grandes proporções.


Yakuba, de Thierry Dedieu
ACESSE A RESENHA
Livro de temática africana, sobre um jovem que está prestes a se tornar um guerreiro. Amanhece na savana africana. E, para o jovem Yakuba, é um dia especial: ele está prestes a se tornar um guerreiro. Para provar sua coragem, precisa, no entanto, enfrentar um leão e matá-lo, sem ajuda. Sob o sol escaldante, o menino-homem caminha, com medo, e finalmente encontra o inimigo. Ansioso, ele corre para lutar, mas é paralisado pelo olhar do grande felino, que está fraco e ferido. Agora Yakuba deve decidir: ou mata o animal, e ganha o respeito da tribo, ou o poupa, e se torna homem a seus próprios olhos.


Os Invernos da Ilha, de Rodrigo Duarte Garcia
RESENHA EM BREVE
Romance de estreia do jovem autor Rodrigo Duarte Garcia tratado desde já como o Conrad brasileiro. Os invernos da ilha é um livro de aventura, como não há no Brasil, que reúne um herói atormentado (e logo apaixonado), uma ilha fria e hostil escolhida como exílio (num convento misterioso), a descoberta de um diário de piratas (e, assim, a reconstrução de uma incrível história de corsários) e a busca por um tesouro escondido. Como diz Martim Vasques da Cunha no texto de orelha: Rodrigo já pertence à categoria dos mestres. Os invernos da ilha costura Wallace Stevens, Melville, Conrad, Patrick OBrien, os filmes de Indiana Jones, Os Goonies sobrando até mesmo para o compositor Rachmaninoff , com tamanha habilidade, que o leitor ficará atônito ao perceber que, no meio disto tudo, há a alegria de narrar uma verdadeira história.


Não Erre Mais Língua Portuguesa nas Empresas, de Maria L. E. Valle
Escrever corretamente é uma das habilidades consideradas fundamentais para o êxito profissional, assim como o domínio da tecnologia da informação e o uso da inteligência emocional. Neste livro, você encontra os conhecimentos necessários para redigir textos empresariais ou administrativos com segurança, respeitando as orientações da norma culta, sem o uso de clichês e excessos que caracterizavam a redação empresarial do passado. Dessa forma, além de escrever corretamente, você será capaz de desenvolver uma comunicação clara, objetiva, sem equívocos e obviedades.


Ética Empresarial na Prática, de Mário Sergio Cunha Alencastro 
A ética faz a diferença no mundo dos negócios? O que é correto? O que é ético? O que é humano? O que é moral? É possível uma empresa ética? Estas questões são algumas das provocações que esta obra traz ao leitor, contextualizando situações reais do mundo corporativo, em uma abordagem que busca evidenciar o compromisso ético das empresas com a sociedade e, de forma mais direita, com as pessoas que nela trabalham. Precisamos, mais do que nunca, de uma nova mentalidade produtiva, capaz de oferecer à sociedade mais do que subtrai dela e, em contrapartida, voltada ao entendimento de que o lucro, o reconhecimento e o sucesso podem ser consequências de ações focadas na preservação do meio ambiente, da vida, da cultura dos povos, e sobretudo, de seus valores éticos.


Direito Constitucional, de Érico Hack
Nesta obra, Érico Hack traz noções básicas de Direito a todo estudante ou profissional interessado em compreender a área de Direito Constitucional. Aqui, o leitor é convidado a entender como são formuladas as leis que regem um país, fazendo uma incursão pelas principais teorias da jurisprudência. Com esses elementos, até mesmo leigos no assunto terão uma noção geral do conjunto de leis que regem nosso país. Ao retratar a Constituição Brasileira promulgada em 1988 (e vigente até hoje), o autor demonstra, capítulo a capítulo, como se dá a formação de um Estado democrático, além de esboçar os direitos e deveres de um cidadão a partir de cada item presente em nossa Constituição.


Elementos de Engenharia Econômica, de Andréa, Marcelo e Ervin
Este livro disponibiliza o embasamento necessário para analisar projetos de investimento, calculando critérios econômicos, bem como analisando situações de risco. Indicado para administradores, economistas, contadores, engenheiros, físicos, matemáticos e também estudantes destas áreas de atuação que querem conhecer elementos da engenharia econômica. Com exemplos práticos, tirados do cotidiano, este livro atende aos interesses dos mais diversos tipos de leitores, explicando como o uso da matemática financeira, da contabilidade e da análise de projetos de investimentos pode ajudá-los a obterem o máximo de vantagem, seja na hora de comprar uma simples mercadoria, seja quando precisam tomar decisões importantes em uma empresa!

Compartilhe no Google Plus

Sobre Filipe Penasso

Autor e resenhista do Pena Pensante, 22 anos, acadêmico de Relações Internacionais e Comissário de Voo por formação.
    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário