Livros Lidos em Fevereiro de 2016


No mês de fevereiro pude ter grandes experiencias com minhas leituras; cada livro possuía seu gênero específico e eu aprendi muito com eles. Viajei para diversos lugares: uma ilha deserta, uma universidade dos Estados Unidos, uma cidadela da França Provinciana e muitos outros. Por esse motivo, fiquei muito contente ao elaborar a publicação de livros lidos do mês; você pode conferir a seguir:

Clique Aqui para ler a resenha.
Título: Os Trabalhadores do Mar
Autor: Victor Hugo
Data: 1866 | Editora:  Nova Cultural
Páginas: 461 | Esse livro no Skoob
Informações: A riqueza imagística e formal de sua lírica fez de Victor Hugo o maior poeta romântico francês, também principal mentor do Romantismo em seu país e um de seus mais importantes prosadores. Em 1886, escreveu o romance Os Trabalhadores do Mar, considerado por muitos críticos e leitores como sua verdadeira obra-prima.

Clique Aqui para ler a resenha.
Título: Eu Fui Amelia Earhart
Autor: Jane Mendelsohn
Data de Lançamento: 1998
Editora:  Rocco
Páginas: 180
Esse livro no Skoob
Sinopse: Este surpreendente best-seller é uma poética e sonhadora evocação da vida da legendária aviadora Amelia Earhart depois de seu desaparecimento, em julho de 1937, na costa de Nova Guiné, após 21 horas de vôo, em companhia do belo navegador Fred Nooman.

Clique Aqui para ler a resenha.
Título: Madame Bovary
Autor:  Gustave Flaubert | Data: 1856
Editora:  Círculo do Livro S.A.
Páginas: 210 | Esse livro no Skoob
Informações: Baseado em fatos da vida real, o livro, que Flaubert levou cinco anos para escrever, causou forte impacto, a ponto de gerar o processo no qual o autor escapou de ser condenado à prisão, graças à habilidade da defesa, que transformou a acusação de imoralidade na proclamação das intenções morais e religiosas do autor.

Clique Aqui para ler a resenha.
Título: O Enigma do Quatro
Autor: Ian Caldwell e Dustin Thomason
Data: 2005 | Editora:  Editora Planeta
Páginas: 432 | Esse livro no Skoob
Sinopse: Hypnerotomachia Poliphili é um dos livros mais preciosos e menos compreendidos dos primórdios da imprensa ocidental. Dele sobraram menos cópias do que da Bíblia de Gutenberg. Os estudiosos continuam a discutir a identidade e o intento do misterioso autor do Hypnerotomachia, Francesco Colonna.



Além dos livros lidos, também tive a oportunidade de resenhar outros exemplares acadêmicos e antológicos. Como não foram leituras completas, vou deixar apenas o título de cada obra; caso queira conferir, é só clicar no respectivo link: Introdução às Culturas Populares no BrasilO Livro das Virtudes, de William J. BennettO Livro Ilustrado dos Mitos, por Neil Philip e, por fim, A Vida Como Ela É, de Nelson Rodrigues.

Compartilhe no Google Plus

Sobre Filipe Penasso

Autor e resenhista do Pena Pensante, 22 anos, acadêmico de Relações Internacionais e Comissário de Voo por formação.
    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook

4 comentários:

  1. Queria eu ler essa quantidade de livros por m~es, no máximo leio 2. :)

    Visite: http://carpediemmica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Micaeli, dois livros por mês é um número muito bom! Tem gente que não lê nenhum...

      Excluir
  2. Olá Filipe, aceitei o seu convite e vim visitar o seu Blog....A leitura é para mim um vício desde muito jovem. Chegava a estar com uma laterna a ler debaixo dos lençóis para os meus pais não ralharem.....Sou mesmo viciada....ainda não li nenhum desses livros.....mas quem sabe..... Vou seguir também.... Sucesso
    www.divalikealady.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Diva! Fico muito feliz de saber que gostou do blog, muito obrigado.

      Excluir