O Homem é o Lobo do Próprio Homem


Para Thomas Hobbers, o homem é o lobo do próprio homem devido ao seu desejo de destruição e de seu interesse em manter o domínio sobre seus semelhantes. Nesse sentido, o contrato é o consenso entre indivíduos para que exista uma sociedade controlada pelo poder, estando acima de qualquer um, podendo, desse modo, influenciar nos "instintos do lobo" que existem no ser humano.
Para o filósofo, essa é a única maneira de garantir a preservação adequada das pessoas. No entanto, a paz apenas seria possível quando todos os indivíduos renunciassem a liberdade que possuem, possibilitando que a sociedade concentre uma série de direitos - que não podem ser divididos - para garantir a paz, a segurança e a ordem.
Segundo Hobbers, a anarquia - estado da natureza, onde entende toda doutrina que adere o poder político como uma organização social perfeitamente dispensável -  seria uma guerra de todos contra todos, tornando a vida humana solitária, pobre, desagradável e curta. O filósofo entendia que o poder da sociedade poderia controlar essa violência generalizada do homem. Porém, historicamente os regimes totalitários - que não admite a supremacia individual sobre a social - acabaram produzindo mais terror e violência do que garantindo paz, segurança e ordem.
Sendo assim, o estado de guerra, segundo Hobbers, é gerado justamente pela liberdade e igualdade que o homem desfruta no estado de natureza, firmado pela escassez de bens e desejo pelo poder que só termina com a morte.
Dessa forma, é fácil perceber que a vida do homem com a presença de regras e normas a serem seguidas e respeitadas, mesmo que diminuam a liberdade, é melhor do que sem sujeições às leis e a um poder coercitivo capaz de atar suas mãos. Com isso se torna manifesto que durante o tempo em que a sociedade vive sem um poder comum capaz de manter a todos em respeito, eles se encontram em guerra.

Compartilhe no Google Plus

Sobre Filipe Penasso

Autor e resenhista do Pena Pensante, 22 anos, acadêmico de Relações Internacionais e Comissário de Voo por formação.
    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook

2 comentários:

  1. Oi Filipe, tudo bem? Te indiquei para responder a TAG 'Liebster Awards', vem ver: https://corujasdepassarela.wordpress.com/2015/08/05/tag-liebster-awards/
    XOXO, Vic

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Puxa, só vi agora! Acho que já não dá mais tempo...

      Excluir