Empreendedorismo Social


O atendimento ao público pode ser entendido como fonte de lucro social. Existe aqueles que pensam que a atitude de colocar o cliente em primeiro lugar pode ser classificada como uma ação de empreendedorismo social e que, muitas vezes, é muito mais uma atitude individual do que uma diretriz organizacional.
Reconhecer e buscar implacavelmente novas oportunidades para servir à missão organizacional, sem dúvidas, é uma forma de adotar um modo de gerar e manter valor social, não apenas privado, sempre se engajando num processo de inovação, adaptação e aprendizado continuo.
Muitos associam o termo empreendedorismo social exclusivamente a organizações sem fins lucrativos que iniciam empreendimentos com fins de lucro. Outros o usam para descrever a iniciativa de qualquer pessoa que crie uma organização sem fins lucrativos. Ainda há outros que se valem desse termo para se referirem a empresários que aderem a práticas de responsabilidade social. Porém, todos com a finalidade de exibir elevado senso de transparência para com seus parceiros públicos e alcançar bons resultados.

Compartilhe no Google Plus

Sobre Filipe Penasso

Autor e resenhista do Pena Pensante, 22 anos, acadêmico de Relações Internacionais e Comissário de Voo por formação.
    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário