Às folhas em branco.


Aqui posso começar a escrever algo... Algo, talvez, capaz de mudanças!
Mas por que mudar onde tudo parece ser tão cômodo? Ter iniciativa é ter coragem para enfrentar o desconhecido, onde a dúvida vem como um sopro que logo se transforma na mais clara compreensão.
Sim, devo mudar! Mudar para melhor... Ser digno de transformar a felicidade, vivendo em paz comigo mesmo, e dar ao tempo, ao vento e às folhas em branco, o meu muito obrigado.

Compartilhe no Google Plus

Sobre Filipe Penasso

Autor e resenhista do Pena Pensante, 22 anos, acadêmico de Relações Internacionais e Comissário de Voo por formação.
    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook

2 comentários:

  1. O que eu tenho tentado ultimamente, parar de tentar achar a felicidade, ser menos bicho bravo comigo mesmo e aceitar que sou assim e que minha vida é assim. É quer saber? Tô feliz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você disse o que precisava ser dito: Está feliz! E é isso que importa, praticar a felicidade também é uma virtude!

      Excluir