Por que Pena Pensante?


Por ser o mais clássico dos instrumentos de trabalho de um escritor, por estar sempre junto ao "ser pensante" transformando ideias em palavras. Nobre objeto, complexo na simplicidade, foi símbolo de poder, evolucionista da arte, aprendeu com os pássaros a encantar, e os ensinou a voar. 
Do céu ao papel, a pena se encontra. Tendo em vista sua história, orgulho de escrever, me inspirando nos anjos, à pena que hei de valer.

Compartilhe no Google Plus

Sobre Filipe Penasso

Autor e resenhista do Pena Pensante, 22 anos, acadêmico de Relações Internacionais e Comissário de Voo por formação.
    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário