Plantando Sonhos


Como já foi dito, um dos melhores meios de se adquirir sabedoria é observando a natureza que age em perfeita comunhão com o tempo.
Ao compararmos um sonho com uma árvore, podemos imaginar que a semente é a ideia, e que quando plantada sob um solo fértil começará crescer. No início, o sonho ainda é fraco e não sabemos se aguentará as fortes tempestades, mas logo depois de um tempo, ele começa a ficar forte, embora ainda não dê frutos. Existe a estação certa para isso. 
Se conseguirmos enxergar por esse ângulo, veremos que tudo está perfeito, basta termos paciência.

Compartilhe no Google Plus

Sobre Pena Pensante

Filipe Penasso: Editor e resenhista do Pena Pensante, graduado em relações internacionais e autor do livro de poesias Entre Asas e Raízes.
    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook

2 comentários: